079_AASLD_2016_port

A cura da hepatite C provoca aumento de peso e da gordura no fígado - AASLD 2016

12/12/2016

Com a cura da hepatite C um ganho de peso inesperado e potenciais efeitos à saúde associados podem ser o próximo conjunto de desafios que os pacientes e seus médicos estarão enfrentando.

Um estudo anterior relatava que a cura da hepatite C é acompanhada por um aumento do peso, medido pelo índice de massa corporal (BMI, Chekuri et al., PlosOne, in press). O impacto da cura da hepatite C na esteatose ainda continua sendo estudado.

Um estudo retrospectivo de um único centro de pacientes apresentado no AASLD 2016 avaliou as alterações no índice de massa corporal e no conteúdo de gordura no fígado em pacientes que atingem a cura da hepatite C tratados com os medicamentos orais livres de interferon.

O estudo encontrou um ganho de peso pequeno, significativo em homens, mas não em mulheres. Além disso, de acordo com avaliações não invasivas, a gordura do fígado aumentou significativamente nos homens, mas não nas mulheres, após a cura da hepatite C.

Um total de 53 pacientes (35 homens, 66%), sendo 8 co-infectados e 12 com cirrose, com índice de massa corporal médio antes do tratamento de 25,9 kg / m2, receberam tratamento da hepatite C com os medicamentos de ação direta (livres de interferon) encontrou que o ganho médio de peso para homens após a cura foi em média de 1,8 quilogramas e o índice de massa corporal aumentou em média 0,7 kg / m2). Nenhuma mudança significativa foi observada para as mulheres quando as medidas antes e após o tratamento foram comparadas.

A fibrose e o conteúdo de gordura no fígado foram medidos por Elastografia transitória em combinação com CAP (um método validado para avaliar esteatose hepática). Antes do tratamento a média do CAP foi de 233 dB / m. Para os homens, a esteatose hepática (gordura no fígado) aumentou após o tratamento com medições de CAP pela Elastografia em média 25 dB / m. Nas mulheres estudadas não apresentaram alterações significativas após o tratamento na gordura no fígado.

Concluem os autores que a cura da hepatite C é acompanhada de aumentos moderados do índice de massa corporal, do peso do paciente e da gordura depositada no fígado (esteatose), alertando que são necessários novos estudos que confirmem o achado.

MEU COMENTÁRIO

O ganho de peso após o tratamento pode ser provocado por um efeito da eliminação do vírus ou porque o paciente, feliz da vida por ter curado da hepatite C passou a se alimentar melhor?

Será que foi o ganho de peso o que provocou o aumento da gordura no fígado ou, será que com a eliminação do vírus aumentou a gordura no fígado e por alguma consequência provocou o aumento da massa corporal e o peso do paciente?

Comprovando a apresentação, recebemos por nosso e-mail e postagens no nosso Facebook, vários relatos de pacientes que contam ter aumentado de peso após a cura da hepatite C, inclusive mulheres relatando esse aumento.

Faltam evidencias de novos estudos, mas vamos torcer que esse aumento de peso seja pela melhor qualidade de vida que o indivíduo ganha ao ter o benefício da cura da hepatite C.

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
HCV Cure: Increases Body Weight and Liver Fat Content - Dost Sarpel, Isaac Wasserman, Adiba Azad, Alyson Harty, Ponni V. Perumalswami, Thomas Schiano, Andrea D. Branch, Douglas T. Dieterich - Abstract 1475 - AASLD 2016


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO