176_a_noticias_port

Quatro novos tratamentos para hepatite C deverão ser aprovados em 2017

25/02/2017

O que provavelmente será a última e definitiva chegada de novos medicamentos para tratamento da hepatite C, compreende quatro novos medicamentos, os quais é praticamente certo que serão aprovados pelo FDA nos Estados Unidos.

Atualmente existem oito opções para tratamento que incluem combinações de:

Sofosbuvir / simeprevir;
Sofosbuvir / daclatasvir;
Sofosbuvir / ribavirina;
Interferon peguilado / ribavirina;
Paritaprevir / ritonavir / ombitasvir com dasabuvir e RBV;
Sofosbuvir / velpatasvir;
Elbasvir / grazoprevir;
Sofosbuvir / ledipasvir.

(Não todos disponíveis em todos os países. Os cinco primeiros já estão autorizados no Brasil)

NOVOS MEDICAMENTOS

1 - Grazoprevir / ruzasvir / MK-3682 - Medicamento da Merck combinando três drogas em um comprimido para tomar uma vez ao dia em regimes de tratamento entre 4 e 12 semanas sem necessidade de ribavirina. Medicamento que serve para todos os genótipos da hepatite C. Se utilizado para tratamento de não respondedores a tratamentos com os medicamentos orais poderá necessitar de ribavirina. Os estudos mostram resultados de cura entre 91% e 100% no genótipo 1.

2 - Ruzasvir / MK-3682 - Medicamento da Merck combinando duas drogas em um comprimido para tomar uma vez ao dia em regimes de tratamento entre 4 e 12 semanas sem necessidade de ribavirina. Medicamento que serve para todos os genótipos da hepatite C. Se utilizado para tratamento de não respondedores a tratamentos com os medicamentos orais poderá necessitar de ribavirina. Os estudos mostram resultados de cura entre 91% e 100% no genótipo 1.

3 - Sofosbuvir / velpatasvir / voxilaprevir - Medicamento da Gilead combinando três drogas em um comprimido para tomar uma vez ao dia em regimes de tratamento de 12 semanas sem necessidade de ribavirina. Medicamento que serve para todos os genótipos da hepatite C. Eficaz em retratamento de não respondedores a tratamentos com os medicamentos orais, sem necessidade de ribavirina. Os resultados dos estudos mostram cura entre 98% e 100%

4 - ABT-493 (gleaprevir) - ABT-530 (pibrentasvir) - Medicamento da AbbVie combinando duas drogas em um comprimido para tomar uma vez ao dia em regimes de tratamento entre 8 e 12 semanas sem necessidade de ribavirina. Medicamento que serve para todos os genótipos da hepatite C. Eficaz em retratamento de não respondedores a tratamentos com os medicamentos orais, sem necessidade de ribavirina. Tratamentos entre 6 e 12 semanas estão sendo avaliados. A população estudada não inclui cirrose descompensada. Os estudos mostram a cura entre 98% e 100% no genótipo 1 e entre 93% e 94% no genótipo 3.

MEU COMENTÁRIO

Os quatro medicamentos já foram submetidos para aprovação nos Estados Unidos, sendo previsto que até o final do ano poderão estar aprovados, assim, poderão chegar a ser comercializados já em 2018.

Quando da chegada desses novos medicamentos não será mais necessário realizar o teste do genótipo, pois atuam em todos os genótipos.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO