183_a_noticias_port

Carta Aberta ao Ministro da Saúde

25/05/2017

Exmº Dr. Ricardo Barros
Ministro da Saúde do Brasil

Exmº Dr. Antônio Carlos Figueiredo Nardi
Secretário Executivo - MS


Desabastecimento dos medicamentos para hepatite C



Sr. Ministro e Sr. Secretario Executivo,

Nas próximas semanas o ministério corre sério risco de deixar de atender as solicitações de medicamentos para tratamento da hepatite C.

Existem no estoque somente 2.000 tratamentos e já estão com toda a documentação completa aproximadamente 3.000 solicitações, considerando ainda que nos próximos dias estarão chegando novas solicitações fica evidente que muitos pacientes ficarão sem receber o tratamento, criando um caos no sistema.

Não são dadas informações do porque ainda não foi realizada uma nova compra, a qual para entrega em junho/julho deveria ter sido realizada mais tardar no mês de abril. Existe previsão orçamentaria para tal compra.

Foi autorizado o tratamento de 24 semanas para pacientes com genótipo 3 e cirrose e logo a seguir foi avisado que isso somente poderia ser autorizado após o recebimento de uma nova compra, devido a falta dos medicamentos.

Está tudo pronto para contemplar os pacientes com fibroses F2 já que praticamente todos os com fibrose F3 e F4 já foram tratados.

Mas tudo está "parado" aguardando a decisão de uma nova compra para atender os próximos 12 meses.

Conforme minha estimativa pessoal, existem para atender nos próximos 12 meses entre 25.000 e 30.000 pacientes com fibrose F2 e vamos ter entre 20.000 e 25.000 novos diagnosticados com fibrose F2, F3 e F4, totalizando no período 50.000 tratamentos, número compatível com os tratamentos realizados nos 12 meses de 2016, não existindo aumento da demanda e sim uma continuidade no número de tratamentos.

Dr. Ricardo Barros e Dr. Antônio Carlos Figueiredo Nardi, pelos motivos expostos é necessária uma determinação para que os responsáveis pela aquisição dos medicamentos para tratamento da hepatite C realizem a negociação (necessária para um substancial desconto em relação a última compra) e acelerem os respectivos contratos de compra.

Consciente de ter realizado meu dever cidadão, tenho total certeza que serão tomadas as medidas cabíveis.

Com minha maior consideração,

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO