006_biopsia_port

Quando a biopsia hepática não pode ser substituída?

09/08/2010

Muito se fala de métodos não invasivos para avaliar o estado do fígado, mas existem situações nas quais a realização da biopsia é indispensável. Por enquanto a biopsia do fígado continua a ser o método mais efetivo para se avaliar a real situação do dano no fígado.

Vamos listar as situações nas quais a biopsia não deve ser substituída por métodos não invasivos:

- Quando existem duvidas sobre o diagnostico porque o paciente apresenta sintomas que não são comuns nas doenças do fígado;

- Quando existe co-infecção entre duas doenças, por exemplo, um paciente com hepatite C e HIV/AIDS ou um paciente com doença alcoólica e hepatite C;

- Quando da presença de duas doenças hepáticas, por exemplo, paciente com hepatite auto-imune e cirrose biliar primaria;

- Na presença de gordura no fígado, pois somente a biopsia consegue diferenciar um quadro de esteatose e uma de esteato hepatite progressiva quando se suspeita já de cirrose. Existem algumas controvérsias sobre a realização imediata da biopsia se não existe suspeita de cirrose, sendo recomendado primeiro tratar os fatores de risco para a esteatose (perda de peso, exercícios, dieta, etc.) e somente depois, permanecendo o quadro realizar a biopsia;

- Em caso de doenças hereditárias como a hemacromatose, a doença de Wilson e a alfa -1 antitripsina;

- Durante o tratamento da hepatite auto-imune quando o médico estuda a possibilidade de reduzir ou suspender os medicamentos;

- Após o transplante de fígado, para avaliar rejeição ou replicação da doença original.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO