015_cancer_port

Se alguém curado da hepatite C for submetido a quimioterapia para tratar um câncer, pode ocasionar a recidiva do vírus?

25/11/2013

Pesquisa publicada em "Clinical Gastroenterology and Hepatology" procurou determinar se um paciente curado da hepatite C, desenvolvendo depois qualquer tipo de câncer, que necessite realizar tratamento quimioterápico, pode com isso reativar o vírus da hepatite C no organismo, como comprovadamente acontece em pacientes com hepatite B que tinham apresentado cura espontânea.

Os pesquisadores observaram 30 pacientes infectados com hepatite C que comprovadamente apresentavam resposta sustentada, considerada a cura, antes do diagnostico de um câncer, metade deles com neoplasias hematológicas (grupo de doenças que afetam o sangue, a medula e os gânglios linfáticos)

Quando receberam o tratamento de quimioterapia os pacientes já estavam curados da hepatite C em média de cinco anos. O tratamento quimioterápico utilizou rituximab em 27% dos pacientes , a ciclofosfamida em 23%, a cisplatina em 17%) e corticosteróides em 37% os pacientes.

Após o tratamento quimioterápico nenhum paciente apresentou recidiva do vírus da hepatite C, permanecendo com o vírus indetectável.

Concluem os autores que a cura da hepatite C parece ser permanente e não é afetada pela quimioterapia.

MEU COMENTÁRIO

Importante para os pacientes curados de uma hepatite C e que tenham que passar anos após por um tratamento quimioterápico com a certeza que com isso o vírus não será reativado, como acontece em alguns casos na hepatite B.

Também, é mais uma comprovação que a cura da hepatite C é definitiva.

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Does Chemotherapy Cause Viral Relapse in Cancer Patients with Hepatitis C Infection Successfully Treated with Antivirals? - Mahale P, Okhuysen PC, Torres HA. - Clin Gastroenterol Hepatol. 2013 Nov 7. pii: S1542-3565(13)01726-6. doi: 10.1016/j.cgh.2013.10.034.


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO