024_cancer_port

A hepatite C é associada ao aumento do risco de vários tipos de câncer em pacientes idosos

29/05/2017

É conhecido que a infecção pelo vírus da hepatite C pode causar câncer no fígado e alguns subtipos de linfoma não Hodgkin. Já as possíveis associações com outros tipos de câncer não são estabelecidas.

Em estudo publicado na revista "Cancer" os autores avaliaram sistematicamente as associações entre a infecção pela hepatite C e diversos tipos de câncer na população dos Estados Unidos.

Trata-se de um estudo caso-controle baseado em registros, utilizando os dados de vigilância, epidemiologia e resultados finais (SEER) em adultos americanos com mais de 65 anos. Foram analisados os registros de 1.623.538 pacientes com câncer primário diagnosticados entre os anos de 1993 e 2011. Um grupo controle de 200.000 pacientes sem câncer foi selecionado aleatoriamente.

Foi encontrada uma prevalência de hepatite C de 0,7% nos pacientes diagnosticados com câncer primário e de 0,5% nos pacientes sem câncer.

O aparecimento de câncer de fígado encontrado entre os pacientes com hepatite C foi três vezes maior (315%) que entre os pacientes sem hepatite C, confirmando a relação direta entre o vírus e o câncer de fígado, também os casos de câncer na via biliar intra-hepática foi 340% maior entre os infectados com hepatite C quando comparados com pacientes sem hepatite C.

O câncer de pâncreas encontrado foi 23% maior nos infectados; 97% superior no câncer de anus, 53% no câncer de pele não melanoma não epitelial; 57% no linfoma difuso de grandes células B.

Curiosamente no câncer uterino nos infectados com hepatite C foram encontrados menos 36% de casos que na população sem hepatite C, assim, como no câncer de próstata cuja prevalência foi de 27% menos entre os infectados com hepatite C.

As associações foram mantidas em análises de sensibilidade realizadas entre indivíduos sem abuso de álcool documentado, cirrose, hepatite B ou infecções pelo vírus da imunodeficiência humana e após ajuste para o status socioeconômico. Não foram observadas associações da hepatite C com outros tipos de câncer.

Concluem os autores que o vírus da hepatite C está associado a um risco aumentado de diversos tipos de câncer, diferentes do câncer de fígado, na população idosa dos EUA, no câncer do ducto biliar e o linfoma difuso de células B grandes. Estes resultados suportam um possível papel etiológico para o vírus da hepatite C num grupo expandido de câncer.

MEU COMENTARIO

Para entender melhor e não ficar apavorado com os resultados do estudo é necessário alertar que, por exemplo, quando se coloca que um tipo de câncer foi encontrado 50% mais prevalente na população com hepatite C que na população sem hepatite C, isso não significa que 50% dos infectados irão desenvolver o câncer.

Isso significa que se na população em geral esse tipo de câncer acomete 2% da população idosa sem hepatite C, o 50% maior de possibilidades indica que entre os infectados com hepatite C a possibilidade de desenvolver esse tipo de câncer será de 3%, isto é, 2% na população sem hepatite C e os 50% a mais resulta em 3% de possibilidades desse câncer entre os idosos com hepatite C.

Espero com a explicação que os idosos infectados com hepatite C não fiquem apavorados. Os únicos em que a maior possibilidade de desenvolver câncer nos infectados com hepatite C é referente ao câncer de fígado e na via biliar intra-hepática, mas isso geralmente entre aqueles com cirroses.

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Hepatitis C virus infection and the risk of cancer among elderly US adults: A registry-based case-control study - Mahale P, Torres HA, Kramer JR, Hwang LY, Li R, Brown EL, Engels EA - Cancer. 2017 Apr 1;123(7):1202-1211. doi: 10.1002/cncr.30559. Epub 2017 Jan 24.


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO