007_cura_port

O que acontece nos pacientes com cirrose que conseguem a cura da hepatite C?

08/03/2010

Acaba de ser publicado na revista Hepatology um estudo realizado com pacientes com cirroses que conseguiram curar a hepatite C, os quais foram acompanhados durante 12 anos para observar se a cura da doença oferecia algum beneficio.

O estudo realizado na Itália teve a participação de 218 pacientes infectados com hepatite C e em estagio de cirrose diagnosticada entre os anos de 1989 e 1992. Todos eles apresentavam na ocasião do diagnostico cirrose compensada, sendo comprovado por endoscopia que não existiam varizes no esôfago. O objetivo do estudo era estudar se o tratamento da hepatite C oferecia algum beneficio futuro na progressão do quadro de cirrose.

Conforme normas de consenso internacionais, a cada três anos foram realizadas endoscopias em todos os pacientes para verificar possíveis varizes no esôfago.

Um total de 149 (68%) dos 218 pacientes do estudo recebeu tratamento antiviral, sendo que 34 (22,8%) deles conseguiram a cura da hepatite C. Comparando esses pacientes nos 12 anos seguintes com o grupo de 69 pacientes que não recebeu tratamento, foi observado que 22 (31,8%) dos pacientes sem tratamento desenvolveram varizes no esôfago, que 45 (39,1%) dos pacientes tratados, mas que não conseguiram a cura também desenvolveu varizes no esôfago, mas o resultado assombroso e que nenhum dos 34 pacientes curados da hepatite C desenvolveu varizes no esôfago nos 12 anos seguintes.

Concluem os autores que o tratamento da hepatite C em pacientes com cirrose compensada deve ser realizado, pois os que conseguem a cura ficam praticamente livres da progressão da doença, não desenvolvendo varizes no esôfago.

MEU COMENTÁRIO:

Fico feliz de observar que a cura da hepatite C é definitiva e que com ela se evitam os problemas futuros que possam afetar a saúde dos infectados.

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Sustained virologic response prevents the development of esophageal varices in compensated, child-pugh class a hepatitis C virus-induced cirrhosis. A 12-year prospective follow-up study.
Bruno S, Crosignani A, Facciotto C, Rossi S, Roffi L, Redaelli A, de Franchis R, Almasio PL, Maisonneuve P. Department of Internal Medicine, A.O. Fatebenefratelli e Oftalmico, Milan, Italy. - Hepatology - On Line - 2010 Jan 27.


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO