032_depoi_port

Paulo de Carvalho - Brasil



Uma das muitas ações judiciais:

Em 2002 recebi diagnostico de portador de cirrose hepática decorrente da hepatite C Fui submetido ao tratamento anti viral com interferon convencional e ribavirina não logrando êxito, infelizmente.

Foi prescrito então tratamento assistido com interferon peguilado + ribavirina. Foi procurada a Amil para autorização do inicio do tratamento. A Amil não autorizou o tratamento citado, alegando trata-se de cobertura de medicamento, não prevista no contrato. Procurada a ANS não ajudou em nada o paciente.

Foi então proposta uma Ação de obrigação de fazer c/c indenização por danos materiais e morais e pedido de antecipação de tutela, na sexta Vara Cível no Rio de Janeiro, que levou o numero 2004.209.005202-5. Em setembro de 2004 foi deferida a antecipação de tutela requerida.

A partir de então foi iniciado o tratamento conforme Portaria 863, de 04 de novembro de 2002 em clinica oncologica indicada pela AMIL no Largo do Machado. Foram necessários outros medicamentos durante o tratamento, enquanto alguns foram fornecidos pela Amil outros eu tive que comprar. Ao final do tratamento não foi atingida a cura da hepatite C.

Após ocorridas varias contestações, perícias, indicações de assistente técnico, etc. Em março de 2006 foi dada a sentença julgando procedente o pedido e condenando a Amil a fornecer todos os medicamentos adequados ao tratamento. Condenou também a Amil a pagar compensação por danos morais, com juros de mora e correção monetária.

Condenou ainda a Amil ao pagamento dos ônus sucumbências das custas e verba honorária. Houve recurso de ambas as partes e o acórdão condenou a Amil a manter a sentença em sua maior parte e majorar a indenização de danos morais, em maio de 2008.

Finalmente em agosto de 2009 recebi aproximadamente R$ 18.000,00

Temos que insistir e brigar ate o fim

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO