025_epidemi_port

Resultados dos testes rápidos do projeto "Fique Sabendo" nos circuitos do Carnaval de Salvador

06/03/2017

Semana passada divulgamos o artigo "Caminhos para erradicação da hepatite C" ( http://hepato.com/p_epidemiologia/024_epidemi_port.php )no qual colocávamos que deveríamos rediscutir a realização de campanhas de testes rápidos na rua, na população em geral, onde dificilmente o número de casos positivos ao anti-HCV passa de 1%, um percentual bem inferior ao que estima que existam de infectados com hepatite C no Brasil.

Durante o carnaval de Salvador (Bahia) a secretaria da saúde no projeto "Fique Sabendo" realizou 2.700 testes, encontrando 8 diagnósticos positivos para HIV (AIDS), 45 reagentes para sífilis, dois para hepatite B e três para hepatite C.

Projetando o resultado para todo Brasil mostra a existência de aproximadamente 600.00 de infectados com HIV (AIDS), muito perto da estimativa oficial, mas projetando as hepatites podemos observar que na amostra indicaria que no Brasil existiriam aproximadamente 150.000 pessoas com hepatite B, e somente 225.000 brasileiros infectados com hepatite C. Valores muito abaixo das estimativas oficiais.

Obviamente que não se pode projetar para o Brasil o encontrado nesses 2.700 testes, mas é um importante alerta para, insisto, abrir a discussão sobre o real número de infectados com hepatite C e a estratégia de onde realizar campanhas para encontrar os infectados sem estar desperdiçando esforços e recursos à toa.

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Secretaria de Saúde do Estado da Bahia - http://www.saude.ba.gov.br/novoportal/index.php?option=com_content&view=article&id=11669:mais-de-27-mil-testes-para-deteccao-de-doencas-sexualmente-transmissiveis-foram-realizados-no-carnaval-de-salvador-e-porto-seguro&catid=13:noticias&Itemid=25


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO