011_hbv_port

Esquecer-se de tomar as três doses da vacina para hepatite B pode causar sérios problemas

17/02/2014

Taiwan foi um dos primeiros países do mundo a aplicar nas crianças recém-nascidas a vacina da hepatite B. Uma pesquisa para saber o que aconteceu 20 anos após com essas crianças revela os problemas que podem acontecer em quem não tomou as três doses recomendadas.

Pesquisando registros oficiais de vacinação de 3,8 milhões de crianças vacinadas no nascimento e cruzando as informações com o Departamento de Câncer e atestados de óbito foi possível compreender o que aconteceu com aqueles, que embora vacinados, desenvolveram câncer hepático ou foram a óbito por insuficiência hepática fulminante.

Foram encontrados nesses pacientes vacinados na infância 49 casos de câncer no fígado, 73 mortes por insuficiência hepática fulminante e 74 mortes por doença crônica do fígado.

Dados de incidência sobre cada 100.000 habitantes/ano mostram que os nascidos antes do Programa Nacional de Vacinação o câncer de fígado foi de 0,293 casos contra somente 0,117 (casos a cada ano em cada 100.000 pessoas) nos que receberam a vacina no nascimento.

As mortes por insuficiência hepática fulminante atingiram 0,733 casos nos nascidos antes do programa de vacinação contra somente 0,174 nos nascidos que receberam a vacina (casos a cada ano em cada 100.000 pessoas).

A mortalidade por doenças hepáticas crônicas foi de 2,206 casos nos nascidos antes do programa de vacinação contra somente 0,177 nos nascidos que receberam a vacina (casos a cada ano em cada 100.000 pessoas).

Chamou a atenção dos pesquisadores que a vacinação incompleta foi o mais importante fator de risco de câncer de fígado, insuficiência hepática fulminante e doenças hepáticas crônicas dos nascidos após existir o programa de vacinação.

Dados de incidência dos que receberam a vacina no nascimento mostram que nos que não completaram a três doses da vacina o câncer de fígado foi 2,52 vezes superior que nos que completaram corretamente a vacinação. As mortes por insuficiência hepática fulminante foram 4,97 vezes maiores nos que não completaram a vacinação e, a mortalidade por doenças hepáticas crônicas foi 6,27 vezes superior nesses indivíduos.

Concluem os pesquisadores que a imunização correta da hepatite B pode impedir de forma significativa o risco de longo prazo de câncer de fígado, insuficiência hepática fulminante e doenças crônicas do fígado, desde a infância até a idade adulta precoce

MEU COMENTÁRIO

É importante prestar atenção em relação a não se esquecer de tomar as três doses da vacina da hepatite B no nascimento das crianças para estar seguros de ficar imunizado.

Não é fácil para uma mãe seis meses após a primeira dose aplicada no nascimento lembrar-se de aplicar a terceira, mas é necessário tomar cuidado, olhar sempre a caderneta de vacinação, anotar na agenda ou marcar no calendário.

Uma simples medida desse tipo pode evitar aborrecimentos irremediáveis daqui a poucos anos, quando a criança passar da adolescência.

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Incomplete Hepatitis B Immunization, Maternal Carrier Status and Increased Risk of Liver Diseases: A 20-year Cohort Study of 3.8 Million Vaccinees - Yin-Chu Chien Ph.D., Chyi-Feng Jan M.D. Ph.D., Chun-Ju Chiang Ph.D., Hsu-Sung Kuo M.D. Ph.D., San-Lin You Ph.D., Chien-Jen Chen Sc.D.- Hepatology - DOI: 10.1002/hep.27048 - Accepted Article (Accepted, unedited articles published online and citable. The final edited and typeset version of record will appear in future.)


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO