027_hbv_port

Porque é difícil curar a hepatite B?

21/03/2016

Já existe a cura da hepatite C de forma fácil e em poucas semanas de tratamento, mas na hepatite B por enquanto somente é possível falar em "controle" e não em "cura". O fato de toda e qualquer inflamação do fígado ser chamada de "hepatite" causa confusão em pessoas leigas, mas aquelas hepatites que são identificadas por uma letra são as hepatites que se transitem de pessoa a pessoa, mas as hepatites A, B, C, D, E, etc. são doenças totalmente diferentes causadas por vírus diferentes e todas elas atacam o fígado de forma diferente.

Não existem medicamentos que consigam erradicar o vírus da hepatite B do organismo, são excelentes no controle da infecção evitando a progressão para a cirrose ou o câncer na maioria dos pacientes, mais não conseguem a cura definitiva da hepatite B.

Pesquisa da Universidade de Medicina de Genebra (Suíça) que acaba de ser publicada na revista científica "Nature" identificou o mecanismo pelo qual o vírus da hepatite B evita as defensas do organismo.

A pesquisa descreve os mecanismos defensivos do organismo para evitar a reprodução e o combate ao vírus da hepatite B. O vírus da hepatite B se incorpora no núcleo celular, passando a conviver junto aos cromossomas esperando o momento propicio para se dividir, formando outros vírus e atacar outras células.

Os autores encontraram que um complexo protéico denominado "Smc5/6" é capaz de reconhecer o genoma do vírus da hepatite B e atuar para evitar a reprodução de novos vírus ao perder a capacidade infecciosa. Mas também descobriram que o vírus contra-ataca produzindo a "proteína X" destruindo a "Smc5/6" e continuando a se reproduzir.

A importância da descoberta dos mecanismos empregados pelo vírus é que agora foi aberta a porta para desenvolver tratamentos específicos para combater e eliminar a "proteína X" e assim evitar que o vírus possa enganar o sistema de defensa do organismo.

MEU COMENTÁRIO

Finalmente os pesquisadores encontraram o mecanismo pelo qual o vírus de hepatite B consegue enganar o sistema de defesa do organismo e o efeito dos atuais medicamentos. É o primeiro passo para nos próximos anos serem descobertos medicamentos que possibilitarão a cura da hepatite B.

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Hepatitis B virus X protein identifies the Smc5/6 complex as a host restriction factor - Adrien Decorsière, Henrik Mueller, Pieter C. van Breugel, Fabien Abdul, Laetitia Gerossier, Rudolf K. Beran, Christine M. Livingston, Congrong Niu, Simon P. Fletcher, Olivier Hantz & Michel Strubin - Nature 531, 386-380 (17 March 2016) doi:10.1038/nature17170 - Published online 16 March 2016


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO