038_hbv_port

Cura da hepatite B, o longo caminho da descoberta até a aprovação

30/08/2017

O tratamento atual da hepatite B requer uma terapia prolongada, na maioria das vezes pelo resto da vida.

Novas drogas que inibem a entrada do vírus na célula, inibem a replicação viral, outras que estudam tratamentos moduladores e imunológicos estão em fases diversas de pesquisas pela comunidade científica.

Mas introduzir um novo medicamento para tratamento da hepatite B requer uma avaliação rigorosa da eficácia e segurança desse tratamento e, por tanto, as agencias reguladores definem as diretrizes e pontos que devem ser observados nos ensaios clínicos.

Um passo importante foi dado em setembro de 2016 em Estados Unidos quando um grupo de expertos e representantes de agências reguladoras realizou um workshop para desenvolver um consenso para orientar o desenho dos ensaios clínicos das drogas para hepatite B.

O consenso entre os participantes é que uma cura esterilizante completa do vírus no organismo, ou seja, a erradicação viral, é improvável que seja viável em médio prazo. Em vez disso, uma cura funcional caracterizada pela perda prolongada do antígeno de superfície da hepatite B com ou sem a soro conversão de anticorpos de superfície e que esteja associada a melhores resultados clínicos em um maior número de infectados do que atualmente alcançado com os tratamentos existentes, é um objetivo viável.

A combinação dos tratamentos antivirais, atuais ou em desenvolvimento, com drogas moduladoras do sistema imune provavelmente será necessária para se obter a cura funcional da hepatite B.

Mas antes será necessário ter total segurança nessas prováveis combinações, dada a excelente segurança dos tratamentos aprovados atualmente (tenofovir e entecavir).

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Hepatitis B cure: From discovery to regulatory approval - Review - Anna S. Lok, Fabien Zoulim, Geoffrey Dusheiko, Marc G. Ghany - J Hepatol. 2017 Jul 21. pii: S0168-8278(17)32017-2.


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO