003_mulheres_port

Curiosos dados sobre a transmissão da hepatite C durante o parto

20/02/2007

Pesquisadores da Inglaterra, do Children's Hospital Liver Unit, em Birmingham, publicam na edição de fevereiro do Journal of Clinical Virology um pequeno estudo realizado com quatro pares de gêmeos nascidos de mães portadoras de hepatite C, nos quais somente um dos filhos foi infectado.

É conhecido que uma mulher infectada com o vírus da hepatite C pode transmitir a doença a seu filho durante e gravidez ou durante o parto. Por existir uma possibilidade pequena, de somente cinco por cento a gravidez não é contra-indicada (em mulheres co-infectadas HIV/HCV a possibilidade de transmissão e superior). Ainda não existe nenhuma terapia apropriada para evitar a transmissão da hepatite C aos filhos.

Após uma pesquisa nos arquivos do hospital as quatro mães e as oito crianças foram contatadas para realização de testes. Nos quatro casos somente uma das crianças foi infectada pela mãe, permanecendo a outra sem nenhum indicador de ter ou ter tido contato com o vírus.

Dos quatro partos foi constatado que em três deles o segundo gêmeo foi que resultou infectado e que todos os gêmeos infectados eram meninas. No único caso em que o primeiro gêmeo foi o infectado a transmissão foi associada à ruptura da membrana. Em nenhuma das mulheres foram realizados procedimentos invasivos durante a gravidez.

Concluem os autores que a transmissão da hepatite C por parte da mãe é mais provável de afetar o segundo gêmeo, provavelmente pela separação placentária durante o nascimento do segundo gêmeo, ficando este mais exposto a infecção.

Informam ainda que o parto por cesárea poderia ser recomendado em casos de gravidez de gêmeos a fim de evitar a ruptura da membrana.

Fonte:
Journal of Clinical Virology 38(2): 91-95. February 2007 - E Boxall, K Baumann, N Price, and others. Discordant outcome of perinatal transmission of hepatitis C in twin pregnancies. - Liver Unit, Birmingham Children's Hospital NHS Trust, Birmingham, UK; Health Protection Agency, Public Health Laboratory, Heart of England NHS Trust, Birmingham, UK.


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO