007_mulheres_port

Transmissão vertical da hepatite C - Revisão dos dados científicos

08/09/2014

Pesquisadores analisaram 109 artigos científicos que tratam da transmissão vertical (da mãe infectada para o filho) publicados em PubMed e Embase nos últimos 10 anos e que realizaram testes nas crianças após 18 meses do nascimento.

O resultado mostra que a transmissão da hepatite C de mães infectadas para seus filhos é de 5,8%, mas se a mãe também está infectada com o HIV (AIDS) a transmissão da hepatite C aos filhos é de 10,8%.

Concluem os autores que 1 de cada 20 crianças nascidas de mães infectadas com hepatite C (com carga viral positiva) sem estarem, também, co-infectadas com HIV (AIDS) será positiva ao teste da hepatite C ao completar 18 meses de idade. Confirmam também que mães co-infectadas com hepatite C e AIDS apresentam um risco muito maior de transmitir a hepatite C a seus filhos durante o parto.

MEU COMENTÁRIO

O teste não deve ser realizado antes dos 18 meses de idade da criança, pois durante esse período o que será detectado serão os anticorpos da mãe presente na criança, um provável resultado falso positivo, por isso a recomendação universal é somente realizar o teste na criança após 18 meses do nascimento, quando então o resultado confirma, ou não, a infecção pela hepatite C na criança.

Diversos estúdios confirmam que não existe diferença estatística na forma de realização do parto. Tanto o parto normal com o parto por cesárea apresentam a mesma possibilidade de transmissão da hepatite C.

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Vertical Transmission of Hepatitis C Virus: Systematic Review and Meta-analysis. - Benova L1, Mohamoud YA2, Calvert C3, Abu-Raddad LJ4 - Clin Infect Dis. 2014 Sep 15;59(6):765-73. doi: 10.1093/cid/ciu447. Epub 2014 Jun 13.


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO