007_pesq_port

Tratamento sem interferon - Primeiros resultados do Simeprevir ® + Sofosbuvir®

18/03/2013

A medida que avançam as fases das pesquisas as drogas em estudo ganham nomes próprios, nomes com os quais serão lançadas futuramente no mercado. Muito já falamos nos últimos anos de uma droga experimental inicialmente chamada PSI-7977 ou GS-7977 e depois de adquirida pela empresa Gilead passa a se chamar Sofosbuvir®. Outra droga, da qual também muito publicamos é a TMC435, que agora, nas fases adiantadas da pesquisa ganha o nome de Simeprevir®.

No inicio do mês foram apresentados no CROI 2013 resultados preliminares do ensaio clínico em fase 2-a denominado COSMOS, um tratamento totalmente oral combinando Simeprevir® + Sofosbuvir®, combinado, ou não, com ribavirina, totalmente livre de interferon. Realizado com infectados com o genótipo 1, a maioria pacientes difíceis de tratar por serem não respondedores a um tratamento anterior, inclusive incluindo nulos de resposta, com o objetivo de encontrar a dosagem ideal desses medicamentos para o tratamento.

Os medicamentos utilizados foram o Simeprevir®, um inibidor de protease desenvolvido em conjunto pela Janssen e AB Medivir e o Sofosbuvir®, um análogo da polimerase desenvolvido atualmente pela Gilead. A inclusão como terceira droga da ribavirina foi incluída somente em alguns dos grupos de pacientes.

Um grupo de 80 pacientes com pouca ou moderada fibrose (F0 até F2) foi incluída no grupo 1 do estudo COSMOS para avaliar a segurança inicial, enquanto outros pacientes foram incluídos num segundo grupo, todos com fibrose grave (F3) ou cirrose (F4).

Aleatoriamente os pacientes foram divididos para receber diariamente uma combinação dupla oral de Simeprevir® e uma dose, também oral de Sofosbuvir®. Os pacientes foram divididos aleatoriamente para receber regime duplo ou triple (incluindo ribavirina duas vezes ao dia) de 12 ou 24 semanas de duração.

Os resultados apresentados no CROI 2013 e num release da empresa AB Medivir são interinos, algumas fases do estudo ainda estão em andamento.

Os dados apresentados são referentes a resposta sustentada na semana 8 dos pacientes tratados durante 12 semanas. Até o momento somente a metade dos pacientes tratados durante 24 semanas finalizaram a terapia. Por tanto, resposta sustentada nas semanas 4 ou 8 após o final do tratamento são dados ainda muito cedo para se afirmar se até a semana 24 não acontecerão recidivas do vírus, mas são um indicador positivo da ação antiviral desses medicamentos.

Resultados apresentados no momento da análise provisória:

- 26 dos 27 pacientes (96,3%) no grupo de tratamento de 12 semanas com Simeprevir® + Sofosbuvir® + ribavirina obteve a resposta sustentada (semana 4) confirmando o mesmo resultado na semana 8.

- 13 dos 14 pacientes (92,9%) no grupo de tratamento de 12 semanas com Simeprevir® + Sofosbuvir® sem ribavirina obteve a resposta sustentada (semana 4) confirmando o mesmo resultado na semana 8.

- No grupo de tratamento de 24 semanas com Simeprevir® + Sofosbuvir® + ribavirina, 66,7% dos pacientes apresentavam resposta sustentada na semana 4 após o final do tratamento.

- No grupo de tratamento de 24 semanas com Simeprevir® + Sofosbuvir® sem ribavirina 100% dos pacientes apresentavam resposta sustentada na semana 4 após o final do tratamento.

Nenhum evento adverso sério foi relatado, mas dois participantes interromperam precocemente o tratamento devido a eventos adversos. Os efeitos colaterais mais comuns foram fadiga (22%), dor de cabeça (20%), insónia (18%), e náuseas (14%).

MEU COMENTÁRIO

Sei que é cedo para comemorar os resultados, mas pelo apresentado até o momento os dados são muito animadores. Simeprevir® está sendo estudada em fase II de testes sem interferon com e sem ribavirina em combinação com o inibidor TMC647055 (Janssen ) e ritonavir no genótipo 1a e 1b e, junto com a Bristol-Myers Squibb em combinação com o Daclatasvir® (BMS-790052).

Vamos ver então o que é apresentado no congresso EASL que acontece no final de abril na Holanda (estarei presente) e no DDW que acontece em maio nos Estados Unidos. Certamente muitas novidades serão apresentadas nesses eventos dos vários estudos que estão em andamento com essas e outras drogas.

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Suppression of Viral Load through 4 Weeks Post-Treatment Results of a Once-daily Regimen of Simeprevir ® + Sofosbuvir® with or without Ribavirin in Hepatitis C Virus GT 1 Null Responders - E Lawitz, R Ghalib, M Rodriguez-Torres, et al. - 20th Conferenceon Retroviruses and Opportunistic Infections. Atlanta, abstract 155LB, 2013.

Medivir. Results from a phase IIa study evaluating Simeprevir® and Sofosbuvir® in prior null responder Hepatitis C patients have been presented at CROI. Press release. March 6, 2013.


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO