001_prevencao_port

O beneficio do café nas doenças do fígado

04/03/2009

Ainda faltam pesquisas conclusivas para permitir recomendações concretas, mas até o momento existem mais constatações a favor que contrarias em relação ao consumo de café nas doenças que atacam o fígado.

Já em 1990 pesquisadores do Programa Kaiser dos Estados Unidos publicaram um estudo realizado em 128.934 pacientes com funções hepáticas altamente comprometidas ou já com cirroses, os quais foram acompanhados por durante sete anos. O consumo do café foi associado a menores internações hospitalares ou a mortes devido à cirrose causada pelo álcool. Entre os que se encontravam com elevado dano hepático foi observado que aqueles que bebiam até quatro cafés por dia apresentavam um risco 20% menor de desenvolver cirrose daqueles que não bebiam café. Na época deste estudo nada foi falado sobre a hepatite C, pois a mesma somente foi descoberta ao final da pesquisa.

Em 2005 foi publicado um estudo realizado com 110.000 pacientes divididos em três grupos. O grupo que bebia uma ou mais xícaras de café por dia apresentou a metade de possibilidades de desenvolver câncer no fígado que o encontrado entre não bebedores.

Vários outros estudos sobre as diversas doenças que atacam o fígado confirmam a suspeita dos benefícios que algum componente do café pode ter sobre a célula hepática, componente este desconhecido, mas que já se descarta ser a cafeína.

Não todos podem beber café, pois existem indivíduos com intolerância a bebida, assim como o seu consumo deve ser moderado nunca ultrapassando três ou quatro xícaras por dia, quando então o efeito pode ser contraproducente.

Com os estudos já publicados os indivíduos com doenças que atacam o fígado não devem ser desestimulados a beber moderadamente café, ainda mais quando para alguns o ato se transforma num prazer.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO