002_progress_port

Estudos confirmam os efeitos protetores do café nas doenças do fígado

26/08/2013

Uma revisão da literatura científica publicada em "Liver International" confirma que o café consegue uma redução do risco da progressão para a cirrose, conforme seis estudos analisados. Também, dois estudos mostram que pacientes cirróticos que consumiam entre três ou mais xicaras de café por dia apresentavam menor risco de morte por consequência da cirrose.

Cinco estudos avaliaram o impacto do café na esteatose não alcoólica (gordura no fígado não ocasionada por abuso de bebidas alcoólicas) mostrando uma redução da gravidade e menor resistência a insulina.

Diversos estudos publicados realizados em infectados com hepatite C mostram que pacientes que bebem café apresentam menor fibrose, uma progressão mais lenta da doença e uma maior possibilidade de cura com o tratamento antiviral.

Dois estudos avaliaram o efeito do café na possibilidade de evitar o aparecimento do câncer de fígado, mas não encontraram nenhuma associação. Outros 14 estudos sugeriam algum efeito protetor do café, mas sem conseguir evitar o câncer de fígado.

Alertam os pesquisadores que embora os estudos analisados sugerem que o café é benéfico como uma espécie de tratamento alternativo e complementar aos tratamentos médicos, ensaios clínicos randomizados devem ser realizados para comprovar cientificamente tais resultados.

MEU COMENTÁRIO

Muitos estudos mostram o efeito benéfico do café nas doenças que atacam o fígado. Mas não todos os pacientes toleram o café. Alguns pacientes com cirroses podem ter total intolerância ao café. Se após um café você sente dor de cabeça, sensação de mal-estar, cansaço, cuidado, o café não é benéfico para seu organismo.

Os maiores benefícios são encontrados em pessoas que bebem entre 3 e 5 xicaras de café ao dia. Acima de cinco xicaras o café é contraproduzente.

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Impact of Coffee on Liver Diseases: A Systematic Review - Sammy Saab, Divya Mallam, Gerald A. Cox, Myron Tong - Liver Int . 2013; doi: 10.1111/liv.12304


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO