015_protoc_port

Atualização dos protocolos e consensos para tratamento da hepatite C

Estados Unidos, OK - Europa, OK - Brasil?

25/11/2016

Enquanto Estados Unidos e Europa atualizam de forma permanente os consensos de tratamento, publicados virtualmente na internet, no Brasil o protocolo de tratamento no SUS (sistema público de saúde) é atualizado a cada dois anos.

Pior ainda, no Brasil por alguma lei ou decreto absurdo que desconheço, o protocolo deve ser impresso em papel com uma tiragem mínima de 2.000 exemplares, isso parece ser obrigatório no mundo atual da internet quando imprimir em papel é destruir florestas.

Uma nova atualização do consenso de tratamento foi realizada nos Estados Unidos pelas sociedades médicas AASLD / IDSA, onde são indicados para o tratamento dos diferentes genótipos e situações os medicamentos:

1. elbasvir/grazoprevir,
2. sofosbuvir/ledipasvir,
3. sofosbuvir/velpatasvir,
4. ombitasvir/paritaprevir/ritonavir + dasabuvir,
5. sofosbuvir + simeprevir,
6. sofosbuvir + daclatasvir e sofosbuvir.


Todos indicados com ou sem ribavirina.

Na Europa as recomendações atualizadas do EASL incluem os medicamentos:

1. ledipasvir/sofosbuvir,
2. sofosbuvir/velpatasvir,
3. ombitasvir/paritaprevir/ritonavir + dasabuvir,
4. elbasvir/grazoprevir, sofosbuvir + daclatasvir

e, ainda, autoriza tratamentos com as combinações de:

5. sofosbuvir + ombitasvir/paritaprevir/ritonavir + dasabuvir,
6. sofosbuvir + elbasvir/grazoprevir,
7. sofosbuvir + daclatasvir + simeprevir.


Todos indicados com ou sem ribavirina.

Por enquanto no Brasil o protocolo de tratamento de 2014 autoriza tratamento com os medicamentos:

1. sofosbuvir + daclatasvir,
2. sofosbuvir + simeprevir,
3. sofosbuvir.


Todos indicados com ou sem ribavirina.

Já existe a indicação pela CONITEC para incorporar no SUS o ombitasvir/paritaprevir/ritonavir + dasabuvir.

E, já se encontram na ANVISA para registro o sofosbuvir/ledipasvir e o elbasvir/grazoprevir, medicamentos que em 03 de novembro solicitei em audiência com o ministro da saúde para que seja dada prioridade no registro na ANVISA e na análise para incorporação da CONITEC, sugestão prontamente atendida. Assim, muito provavelmente teremos a possibilidade de serem incluídos na atualização do protocolo de tratamento no SUS que deverá acontecer no primeiro semestre de 2017.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO