028_rvs_port

Retratamento do genótipo 1 - O que as evidencias mostram nos nulos de resposta e nos recidivantes? - Hepato Pernambuco 2016

06/06/2016

O Professor Mario Reis ao falar sobre o retratamento de infectados com o genótipo 1 da hepatite C que não responderam a um tratamento anterior alertou inicialmente que é preciso entender sobre que população estamos falando, isto é o paciente é não respondedor a um tratamento com interferon peguilado e ribavirina ou a um tratamento com interferon peguilado, ribavirina e boceprevir / telaprevir ou, ainda a um tratamento com os novos medicamentos orais livres de interferon.

1 - NÃO RESPONDEDORES A UM TRATAMENTO COM INTERFERON E RIBAVIRINA (Genótipo 1):

Um quadro resumindo as evidencias em não respondedores ao interferon peguilado e ribavirina, do qual colocaremos aqueles estudos que incluíram um maior número de pacientes, mostra que se retratados com sofosbuvir e simeprevir em 12 semanas de tratamento, os sem cirroses apresentam possibilidade de cura de 95% e nos pacientes com cirrose a cura é de 79% (estudo Optimist 1). Já se tratados com sofosbuvir, simeprevir, com ou sem ribavirina em 12 semanas, os com cirrose apresentaram 80% de possibilidades de cura (estudo Target 2.0).

Os retratados em 24 semanas de tratamento com sofosbuvir e daclatasvir, com ou sem cirrose, obtiveram 96% de cura e naqueles que ainda se incluiu a ribavirina a cura em 24 semanas foi de 98% (estudo Hepather).

Os pacientes com cirrose retratados com Viekira-Pack® em 24 semanas, junto com ribavirina, obtiveram 96% de cura (estudo Turquoise II).

Os infectados sem cirrose retratados com sofosbuvir e ledipasvir em 12 semanas obtiveram 95% de cura e entre os com cirrose tratados durante 24 semanas a cura foi de 100%. (estudo ION-2)

Os retratados com grazoprevir e elbasvir em 12 semanas, com cirrose apresentaram cura de 92% e ao se incluir a ribavirina a cura foi de 97% (estudo C-Edge).

2 - NÃO RESPONDEDORES A UM TRATAMENTO COM INTERFERON, RIBAVIRINA E BOCEPREVIR OU TELAPREVIR (Genótipo 1):

Infectados com ou sem cirrose tratados durante 24 semanas com sofosbuvir e daclatasvir obtiveram 100% de cura e no grupo que incluía a ribavirina a cura foi de 95% (estudo AI444040).

Os retratados com sofosbuvir e ledipasvir, sem cirrose, tratados durante 12 semanas obtiveram 96% de cura e entre os com cirrose tratados durante 24 semanas a cura foi de 100% (estudo ION-2).

Os infectados, com e sem cirrose, retratados com Viekira-Pack® em 12 semanas obtiveram 96% de cura (estudo German RWE).

3 - NÃO RESPONDEDORES A UM TRATAMENTO COM OS MEDICAMENTOS ORAIS LIVRES DE INTERFERON (Genótipo 1):

O Prof. Mario Reis explicou que esse é o desafio atual para o qual ainda não existe uma resposta definitiva. Estudos estão sendo realizados.

MENSAGEM FINAL:

- Pacientes não respondedores a um tratamento anterior são candidatos naturais a um retratamento.

- É importante definir a que tratamento o paciente não respondeu para estabelecer a melhor terapia.

- E muito importante definir o retratamento especifico, diferente para pacientes com e sem cirrose.

- Não respondedores a um tratamento com interferon e ribavirina possuem altas taxas de sucesso no retratamento com os medicamentos orais livres de interferon, sem importar muito se eram nulos de resposta ou recidivantes.

-Não respondedores a um tratamento anterior onde foi utilizado boceprevir ou telaprevir tem boas possibilidades, mas faltam estudos que incluam um maior número de casos.

- E os não respondedores aos medicamentos orais livres de interferon são o desafio atual.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO