002_transamin_port

Os resultados dos exames das transaminases devem ser observados com muita precaução

04/08/2008

As transaminases sofrem alterações especialmente quando o fígado e o coração se encontram afetados. Entretanto, as alterações nos níveis de transaminases podem representar outras doenças que não sejam hepáticas e nem cardíacas já que as enzimas das transaminases estão presentes no fígado, rins, coração, pâncreas, músculo esquelético, e nos glóbulos vermelho do sangue.

Quando qualquer um desses órgãos apresenta algum dano, as transaminases são derramadas na corrente sangüínea pelas células, ocorrendo alterações nas suas concentrações e alterando o resultado dos exames.

Qualquer resultado elevado de transaminases, quando menor de duas vezes o valor máximo não pode ser considerado de forma isolada, devendo ser repetido antes de realizar qualquer diagnóstico definitivo de uma doença.

A hepatite viral, o dano por toxinas e a isquemia hepática podem causar importante elevação dos níveis das transaminases (na ordem de milhares). Entretanto estas enzimas elevam-se discretamente na esteatohepatite não-alcoólica, na hepatite crônica, na colestase hepática, na hepatotoxicidade induzida por drogas e nos tumores hepáticos.

Os níveis de transaminase são significativamente maiores nos homens que nas mulheres e, inclusive a idade, também altera os valores, razão pela qual é necessário atentar a outros vários fatores.

São três as transaminases mais importantes entre as mais de sessenta produzidas no fígado. A alanina aminotransferase (ALT ou TGP), a aspartato aminotransferase (AST ou TGO) e a gama glutamil transaminase (GGT) são as três principais para se diagnosticar problemas hepáticos, observando sempre que nenhuma delas é específica do fígado.

Os valores normais das transaminases variam entre si e variam também entre os sexos masculino e feminino. A AST/TGO nos homens é de 37 U/L e nas mulheres de 31U/L. A ALT/TGP é de 30 U/L nas mulheres e de 40U/L nos homens. Estes valores dependem do fabricante do teste utilizado pelo laboratório, sendo sempre necessário verificar quais são os valores de referência para poder comparar os resultados.

A idade também é um fator determinante na variação dos valores das transaminases. Em adultos saudáveis, ALT/TGP e AST/TGO apresentam-se substancialmente mais elevadas em homens do que em mulheres e variam de acordo com a idade. Até aproximadamente os 15 anos de idade, o nível de AST/TGO é levemente maior que o ALT/TGP, enquanto que em adultos, a ALT/TGP tende a ser maior que a AST/TGO. Acima de 60 anos, ALT/TGP e AST/TGO tornam-se praticamente em níveis iguais.

Existem fatores não relacionados com doenças que também alteram os resultados das transaminases. Se a retirada do sangue foi realizada na parte da tarde, a AST/TGO pode ter uma variação de 45% em relação ao sangue retirado na parte da manhã. A diferença de resultados em dias seguidos chega a 10% na AST/TGO e 30 % na ALT/TGP. Nos homens afros descendentes, os níveis são 15% superiores aos homens de raça branca. Pessoas acima do peso ideal podem ter resultados 30 a 40% superiores em ambas transaminases. A prática de exercícios extenuantes eleva em até 3 vezes a AST/TGO e os exercícios aeróbicos, de forma rotineira, reduzem em até 20% a ALT/TGP.

Os níveis das transaminases não medem a extensão de dano no fígado, fibroses ou cirroses nem servem para realizar um prognóstico da evolução futura. Assim, os níveis das transaminases não podem ser usados para determinar o grau de dano hepático ou predizer o futuro.

É importante saber que os resultados alterados das taxas de transaminases oferecem informações não muito especificas e nem conclusivas, já que estas enzimas estão presentes em vários órgãos no organismo humano. Entretanto, indicam que pode existir algum problema em algum órgão. Exames adicionais deverão ser solicitados para o correto diagnostico da causa do problema.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO