009_transamin_port

Variações nos níveis de transaminases

01/08/2005

É muito importante nunca interpretar um resultado de transaminases isoladamente, pois as variações destas enzimas são grandes. Assim, o correto sempre será se considerar a media dos últimos quatro exames. Vamos tentar entender o por que desta necessidade.

Existem no fígado mais de 60 reações que produzem transaminases, porem, as únicas com valor clinico são a TGO (também conhecida pelas siglas GOT ou ASAT ou AST ou SGOT) e a TGP (também conhecida pelas siglas GPT ou ALAT ou ALT ou SGPT), sendo que estas não são produzidas exclusivamente no fígado e se encontram extensamente distribuídas pelo organismo.

A TGO e encontrada principalmente no coração, fígado, músculos e rins e a TGP se encontra principalmente no fígado e nos rins. Assim, como a TGP se encontra em maior nível no fígado e esta que os médicos levam em maior consideração já que as doenças hepáticas mostram em geral um aumento da TGP podendo estar acompanhada de aumentos também na TGO. Na maioria das doenças do fígado a TGP e sempre superior a TGO, exceto na hepatites alcoólica.

Os níveis normais de transaminases são significativamente menores nas mulheres que nos homens e inclusive a idade também altera os valores, razão pela qual e necessário atentar a vários fatores antes de se realizar uma interpretação errada. Também, dependendo do laboratório os resultados podem apresentar variações, pelo que ante um resultado anormal, em geral duas vezes o valor máximo de referencia para o teste utilizado, o mais prudente e realizar um novo exame.

Existem fatores que podem alterar os resultados. A realização de exercícios físicos extenuantes até 24 horas antes da realização do exame pode dobrar o resultado, a massa corporal (peso acima do ideal) pode aumentar em até 40% o resultado do exame, uma anemia hemolítica pode aumentar principalmente a TGO e, finalmente, até o momento do dia em que e retirada a amostra de sangue estará influindo no resultado.

Assim, vamos lembrar algumas curiosidades em relação aos resultados:

1 - Se a retirada do sangue foi realizada na parte da tarde a TGO pode ter uma variação de 45% em comparação com sangue retirado de manhã cedo;

2 - A diferença de resultados em dias seguidos chega a 10% na TGO e até 30% na TGP;

3 - Nos homens afro-descendentes os níveis são 15% superiores a pessoas de pele branca;

4 - Pessoas com Índice de Massa Corporal elevada (acima do peso) podem ter resultados entre 40 e 50% superiores em ambas as transaminases;

5 - A pratica de exercícios físicos extenuantes eleva em até três vezes a TGO;

6 - A pratica de exercícios aeróbicos de forma rotineira reduze em até 20% a TGP;

7 - A existência de dano muscular incrementa de modo significativo a TGO e moderadamente a TGP.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO