001_transmis_port

Resposta imune na hepatite C dos trabalhadores da saúde expostos ao vírus

18/03/2013

É conhecido que aproximadamente 85% dos indivíduos infectados com hepatite C desenvolvem a doença de forma crônica, mas os 15% restantes conseguem a cura espontânea nos primeiros seis meses após a exposição, quando o próprio organismo combate o vírus.

Pesquisadores dos Estados Unidos estudaram se os indivíduos que ficam livres do vírus possuem uma resposta imune inata já que não desenvolvem a infecção sistêmica nem doença aguda.

Observaram que nesse grupo se situam muitos profissionais de saúde que acidentalmente por um acidente biológico são expostos a pequenas quantidades do vírus C e não desenvolvem a doença de forma crônica.

Acompanharam 12 trabalhadores da saúde com exposição percutânea acidental com sangue infectado com o vírus C sendo prospectivamente estudados com exames de fenótipo, função das células NK, cinética sérica e a resposta das células T especificas. Do total 11 trabalhadores resultaram negativos na carga viral (HCV-RNA) e no teste anti-hcv. Somente um trabalhador desenvolveu presença viral, o qual teve uma resposta tardia na resposta das células NK que os que não desenvolveram a doença.

Os pesquisadores concluem que os resultados demonstram que a exposição a quantidades pequenas de vírus C induz respostas imunes inatas, as quais se correlacionam com a subsequente resposta celular específica HCV-T, e pode contribuir para a imunidade antiviral.

MEU COMENTÁRIO

Será esse o caminho para o desenvolvimento de uma vacina?

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Innate immune responses in hepatitis C virus exposed healthcare workers who do not develop acute infection.Werner JM, Heller T, Gordon AM, Sheets A, Sherker AH, Kessler E, Bean KS, Stevens M, Schmitt J, Rehermann B. - Hepatology. 2013 Mar 5. doi: 10.1002/hep.26353.
Liver Diseases Branch, NIDDK, National Institutes of Health, DHHS.


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO