008_alternat_port

Tratamentos alternativos

25/06/2012

Quando alguém fica doente estará procurando todas as formas possíveis para curar e voltar a ter saúde. A recomendação principal que deve ser considerada é sempre consultar um médico para ter um tratamento correto.

Mas quando a doença é crônica e praticamente desconhecida, como são as hepatites B e C, muitos pacientes procuram tratamentos alternativos, remédios caseiros, algumas ervas, produtos naturais, vitaminas e até formulas milagrosas vendidas por espertalhões que se aproveitam da ansiedade dos pacientes.

Mas alguém que está sendo atacado pelos vírus B ou C das hepatites já tem um grave problema no fígado, por isso deve ser extremamente prudente, contudo aquilo que come, bebe, ingere, respira ou coloca na sua pele, pois tudo vai ter que passar pelo fígado para ser metabolizado (processado).

Existe quem recorre a medicamentos feitos com ervas ou vitaminas. Existem algumas ervas ou vitaminas que podem ser tomadas com segurança, porém existem outros que devem ser ingeridos com muita precaução ou até devem ser evitados por completo. É aconselhável consultar seu médico antes de experimentar.

Algumas ervas e vitaminas melhoram o estado físico e a disposição das pessoas, o que é de fato muito bom, mas é importante ressaltar que não existe nenhuma comprovação de cura das hepatites B e C utilizando ervas ou vitaminas.

Vitaminas devem ser de preferência as encontradas na alimentação. Se precisar de algum suplemento vitamínico a ser tomado todos os dias evite os que contém ferro na sua formulação, a não ser que seu médico o tenha receitado por alguma condição em especial.

Nunca tome uma dosagem maior que a indicada no rotulo das vitaminas, pois poderá desenvolver uma avitaminose, provocando uma hepatite medicamentosa e afetando ainda mais o fígado.

Uma erva ou um produto animal pode ser natural, mas não significa que seja seguro. Veneno de cobra também é natural! Natural somente significa que não foram utilizadas substancias químicas, mas não por isso são produtos sem riscos para a saúde e em especial para o fígado.

Se um amigo falou que determinada erva foi bom para ele não significa que acontecerá o mesmo efeito em você. Cada organismo reage de forma totalmente diferente.

Nunca tome medicamentos à base de ervas ou plantas medicinais, ou vitamina E durante uma semana antes de qualquer procedimento médico, pois poderão acontecer reações adversas durante o procedimento.

Tratamentos alternativos como massagens, acupuntura, meditação e orações ajudam a manter a mente equilibrada e diminuem a ansiedade e depressão. Pode abusar deles a vontade, não possuem efeitos adversos.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO