018_alternat_port

Europeus desaconselham uso de produtos Herbalife®

30/04/2008

 

Por Redação, com agências internacionais - de Lisboa e Madri

http://www.correiodobrasil.com.br/noticia.asp?c=137803

As autoridades sanitárias brasileiras tomam conhecimento, nesta segunda-feira, da decisão do governo espanhol de desaconselhar o uso dos medicamentos para emagrecer, produzidos pela Herbalife®, após uma seqüência de nove casos de toxidade hepática que se suspeita estarem associados a estes suplementos alimentares. Já o governo de Portugal ainda não constatou nenhuma reação adversa provocada pelos medicamentos, segundo afirmou a jornalistas, neste domingo, a subdiretora-geral da Saúde, Graça Freitas.

- Trata-se apenas de uma recomendação de "precaução" aos consumidores por parte do Ministério da Saúde espanhol, mas ainda não há qualquer notificação à Rede Europeia de Alerta Rápida de Alimentos, embora as autoridades portuguesas estejam acompanhando de perto os próximos fatos - disse Freitas.

Enquanto o Ministério da Saúde de Espanha aguarda os resultados de mais análises sobre o medicamento, vendido também no Brasil, para decidir se novas medidas restritivas serão necessárias, ficará mantida a recomendação de precaução aos consumidores. Em comunicado, as autoridades referem-se aos pelo menos nove casos de suspeita de reações adversas aos produtos da marca Herbalife, ocorridos entre 2003 e 2007.

Os produtos Herbalife® se inserem na categoria de suplementos alimentares, portanto, não precisam ser comercializados em farmácias ou centros especializados. A forma de entrega diretamente em domicílio, através de uma rede de distribuidores, forma uma estrutura do tipo Pirâmide, o que dificulta o acompanhamento dos produtos junto aos consumidores. O fato, no entanto, não impediu que o Centro de Farmacovigilância Regional dos Principado das Astúrias notasse os primeiros casos de possível intoxicação hepática.

A Agência Espanhola de Medicamentos e Produtos Sanitários já recolheu informação sobre nove situações que serão investigadas. Esos, no entanto, não são os únicos casos suspeitos. Há outros nove casos de possíveis reações adversas registrados entre 1992 e 2006, em países da União Européia, outros seis na Islândia, 22 na Suíça e um em Israel, segundo constataram as autoridades espanholas.

 

 

Ações da Herbalife® caem 18,2% durante a semana na Bolsa de Nova York

 

25/04 - 22:06EFE

http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2008/04/25/acoes_da_herbalife_caem_182_durante_a_semana_na_bolsa_de_nova_york_1287719.html

 

Nova York, 25 abr (EFE).- As ações da Herbalife® caíram essa semana 18,2% na Bolsa de Nova York, depois que a companhia se pronunciou sobre a veracidade do currículo de seu presidente e o Governo espanhol aconselhou não consumir seus produtos dietéticos e suplementos alimentícios.

Apenas no último pregão da semana, a companhia caiu 8,95% sendo negociada a US$ 40,08 por ação, um dia depois de se saber que o presidente-executivo da companhia, Gregory Probert, exagerou em seu currículo.

Conforme antecipou o diário econômico "The Wall Street Journal ", Probert disse que tinha um mestrado em administração de empresas pela Universidade da Califórnia, quando na realidade não chegou a completá-lo.

A companhia emitiu na quinta-feira um comunicado no qual reconhecia a situação e prometia averiguar o caso, para então adotar as medidas oportunas.

Um dia antes, a empresa havia considerado "injustificável" que o Ministério da Saúde espanhol tenha gerado "alarde" à população acerca do consumo de seus produtos, ao vinculá-los com "eventos raros relativos a problemas de fígado de origem desconhecida sem o adequado tratamento científico".

A Herbalife® se disse surpresa pela "natureza" do comunicado feito pelo Ministério dirigido por Bernat Soria, no qual se recomendava à população não consumir os suplementos dietéticos desta marca até que os resultados da pesquisa fossem conhecidos.

A empresa assegurou que mantinha "um diálogo aberto e cooperativo com as autoridades espanholas", após o alerta de Saúde sobre "casos suspeitos de intoxicação hepática".

No entanto, denunciou que na comunicação das autoridades espanholas "não se especifica o produto ou o ingrediente (com o susposto problema)", enquanto a Herbalife® possui mais de 400 à venda no mundo todo, 48 deles na Espanha, incluindo produtos para a pele, cuidado do cabelo, cremes faciais, xampus e sabonetes.

A companhia, que patrocina o time de futebol de Los Angeles Galaxy no qual joga David Beckham, lembrou que "milhões de consumidores" no mundo todo viram os benefícios nutricionais de seus produtos e manifesta que seus clientes "se sentem seguros há mais de 28 anos".

 

 

 

 

Dietéticos: Ministro apela à prudência

http://www.correiomanha.pt/noticia.aspx?channelid=00000021-0000-0000-0000-000000000021&contentid=73D38617-409E-4CAA-8639-86D1A61655F4

 

O ministro da Agricultura, Jaime Silva, desaconselhou esta terça-feira o consumo de produtos dietéticos, entre os quais o Herbalife®, que as autoridades espanholas estão a investigar.

“O Governo chama a atenção dos portugueses para a necessidade de terem muito cuidado quando consomem produtos naturais sobre a forma de concentrados, recorrendo sempre ao conselho de um médico ou nutricionista”, afirmou Jaime Silva.

Em Espanha, o Ministério da Saúde desaconselhou o consumo dos produtos Herbalife®, após ter tido conhecimento de casos de toxicidade hepática presumivelmente associados a estes produtos.

O ministro da Agricultura ainda não viu razões para tomar a mesma medida, dado que em Portugal não há conhecimento de reacções adversas associadas aos produtos Herbalife.

No entanto, o governante apela à “prudência”. “Temos de olhar para estes suplementos alimentares não por aquilo que a publicidade diz, mas pelo que está escrito no rótulo”, disse.

 

 

 

Outras noticias sobre o problema detectado na Espanha podem ser acessadas nos seguintes LINKS:

 

Governo desaconselha consumo de produtos Herbalife®

O Ministério da Saúde espanhol desaconselhou, esta segunda-feira, o consumo de produtos da marca Herbalife®, depois de ter tido conhecimento de casos de toxicidade hepática presumivelmente associados ao consumo destes produtos.

http://tsf.sapo.pt/online/vida/interior.asp?id_artigo=TSF191083

 

 

 

 

Herbalife sob suspeita

http://jn.sapo.pt/2008/04/22/sociedade_e_vida/herbalife_suspeita.html

 

 

Dietético Herbalife® sob suspeita

http://www.rr.pt/informacaoDetalhe.aspx?AreaId=23&SubAreaId=54&ContentId=244434

 

 

 

Associação alerta para efeitos adversos de produtos naturais

O presidente da Associação Portuguesa para o Estudo do Fígado diz que os casos que têm surgido relacionados com os chamados produtos naturais em dietas de emagrecimento «não são uma novidade». O responsável lembra que, há sete meses, já havia alertado as autoridades competentes para os efeitos nefastos do uso destes produtos.

http://tsf.sapo.pt/online/vida/interior.asp?id_artigo=TSF191091

 

 

 

 

Dietético da Herbalife® sob investigação
Em causa a possível relação com casos de toxicidade hepática

 

A possível ligação entre o consumo de um produto dietético Herbalife® e a origem de alguns casos de toxicidade hepática está a ser analisada em Espanha.

O alerta foi dado pelas autoridades espanholas que já emitiram avisos a médicos e farmacêuticos com base na análise de nove casos suspeitos que terão surgido entre 2003 e 2007.

As mesmas reacções adversas foram ainda detectadas em 37 indivíduos de outros países da União Europeia, na Islândia, na Suíça e em Israel, embora as análises ainda não sejam suficientemente claras para levar à suspensão do produto, segundo adianta a edição online do El Mundo.

http://www.fabricadeconteudos.com/?lop=artigo&op=d3d9446802a44259755d38e6d163e820&id=78cb8e931b265666e99099096bb3f842

 

 

 

Produtos da Herbalife® investigados em Espanha
Nove casos de toxicidade hepática registados em pessoas que tomavam o produto dietético Herbalife® levaram as autoridades espanholas de saúde a investigar uma eventual relação causal entre a toma do produto e a toxicidade verificada.

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?article=341243&visual=26

 

 

 

 

Autoridades investigam Herbalife

Suspeita de que produtos possam ter causado doenças de fígado em Espanha. Governo recomenda «precaução» no uso. Autoridades portuguesas estão atentas

http://diario.iol.pt/internacional/herbalife-saude-doenca-investigacao-espanha/943064-4073.html

 

 

Espanha detecta problemas com produtos Herbalife®

O Ministério da Saúde e Consumo de Espanha alertou, esta segunda-feira, para a existência de um total de nove casos de toxicidade hepática (doenças do fígado de manifestação diversa), presumivelmente associados ao consumo de produtos dietéticos Herbalife®. Fruto desta situação, o organismo recomendou já «cuidado» no consumo de suplementos desta marca.

De acordo com a imprensa espanhola, os primeiros casos terão sido detectados no Principado de Astúrias, entre 2003 e 2007.

Ainda segundo as mesmas fontes, todos os produtos comercializados pela Herbalife estão, neste momento, dentro da legalidade, embora o facto de serem comercializados directamente ao domicílio dificulte, segundo a Ministério da Saúde espanhol, a verificação e rastreamento dos mesmos.

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=62&id_news=329067

 

 

 

Herbalife®: Espanha desaconselha consumo do produto dietético depois de detectar casos de toxicidade 

21.04.2008 - 15h04 PÚBLICO

O Ministério da Saúde e Consumo de Espanha emitiu hoje um comunicado onde pede aos cidadãos “precaução” no consumo de produtos da empresa Herbalife®, depois de terem sido detectados nove casos de toxicidade hepática, avança a edição online do diário espanhol “El País”.

A empresa comercializa produtos com alegado efeito adelgaçante, suplementos alimentares e alimentos que “emagrecem e contribuem para o bem-estar geral”. Os produtos estão disponíveis em vários países, inclusive em Portugal.
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1326507



Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO