001_trat_med_port

ALERTA MÁXIMO - Infectados com hepatite C e crioglobulinemia - Tratamento imediato!

30/09/2013

Pessoas infectadas com hepatite C que também sejam afetadas pela crioglobulinemia podem apresentar progressivo dano renal ou apresentar, de repente, um quadro de hemorragia pulmonar ou uma isquemia gastrointestinal, colocando a vida em risco de morte.

Conforme alerta um estudo publicado em "Medicine" a taxa de mortalidade quando da presença da crioglobulinemia em infectados com hepatite C varia entre 20% e 80%. É importante ressaltar que mais da metade dos pacientes com crioglobulinemia apresentam um curso clínico relativamente benigno, mas alguns podem apresentar situações potencialmente fatais, daí o alerta da publicação.

Conforme estudos publicados entre 30% e 100% dos pacientes com crioglobulinemia estão infectados com a hepatite C. Crioglobulinemia é caracterizada por uma grande variedade de causas, sintomas e efeitos colaterais e adversos.

Um total de 279 pacientes (30 atendidos no hospital e 249 a partir da pesquisa bibliográfica realizada em análise sistemática dos casos relatados até o momento através de uma pesquisa em MEDLINE) preencheram os critérios de inclusão.

Foram consideradas como condições potencialmente fatais em pacientes infectados com hepatite C e crioglobulinemia: crioglobulinêmica, glomerulonefrite comprovada por biópsia apresentando insuficiência renal, vasculite gastrointestinal, hemorragia pulmonar, e alterações no sistema nervoso central.

Os pacientes foram acompanhados por um período médio de 14 meses (variação de 3 até 120 meses) após o diagnóstico de crioglobulinemia com evidente risco de vida. Sessenta e três pacientes (22% ) morreram. A principal causa de morte foi septicemia (42% )

Concluem os autores que infectados com hepatite C e crioglobulinemia podem apresentar progressivo dano renal ou podem acontecer problemas agudos, como hemorragia pulmonar, isquemia gastrointestinal o alterações no sistema nervoso central, todos esses danos que apresentam risco de vida. A taxa de mortalidade dessas manifestações varia entre 20% e 80%.

MEUS COMENTÁRIOS:

É importante destacar que o Protocolo de tratamento com os inibidores de proteases no SUS autoriza o tratamento em terapia tripla com boceprevir o telaprevir para os infectados com hepatite C e Crioglobulinemia, seja qual for o grau de fibrose, exceto se existirem contra-indicações clínicas aos medicamentos. Nesse sentido o Protocolo segue as últimas evidencias científicas.

A Crioglobulinemia é uma doença vascular que se caracteriza por dores nas juntas e articulações, muito confundidas com os sintomas da artrite e em muitos casos tratada erradamente como se fosse artrite. Pode surgir, também, um aumento do tamanho do baço, a aparição de manchas na pele devido a vasculites ou, problemas nos rins. Isto pode produzir dores no abdômen, problemas no coração ou sangrado nos pulmões. Também poderá acontecer perda de apetite.

Este artigo foi redigido com comentários e interpretação pessoal de seu autor, tomando como base a seguinte fonte:
Life-Threatening Cryoglobulinemic Patients With Hepatitis C: Clinical Description and Outcome of 279 Patients - Retamozo, Soledad MD; Díaz-Lagares, Cándido MD, PhD; Bosch, Xavier MD, PhD; Bové, Albert MD, PhD; Brito-Zerón, Pilar MD, PhD; Gómez, Maria-Eugenia MD; Yagüe, Jordi MD; Forns, Xavier MD, PhD; Cid, Maria C. MD, PhD; Ramos-Casals, Manuel MD, PhD - Medicine: September 2013 - Volume 92 - Issue 5 - p 273-284


Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO