032_trat_med_port

ALERTA - A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) iniciou investigação para apurar se os novos medicamentos para hepatite C podem estar reativando a hepatite B

21/03/2016

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) iniciou uma revisão dos medicamentos conhecidos como antivirais de ação direta utilizados para o tratamento da hepatite C.

Os antivirais de acção directa: Daklinza® (Daclatasvir), Exviera® (dasabuvir), Harvoni® (sofosbuvir / ledipasvir), Olysio® (simeprevir), Sovaldi® (sofosbuvir) e Viekirax® (ombitasvir / paritaprevir / ritonavir são medicamentos importantes para o tratamento de hepatite C,

Até recentemente, o interferon fazia parte dos regimes de tratamento para a hepatite C. O interferon age contra o vírus da hepatite B e o vírus da hepatite C, que podem estar presentes ao mesmo tempo em alguns pacientes.

A avaliação é originada pelo relato de casos de reativação da hepatite B em pacientes que curados espontaneamente da hepatite B, com anti-HBs positivo, que ao ser tratados com antivirais de ação direta para hepatite C reativaram a hepatite B.

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) vai agora avaliar a extensão dos casos de reativação da hepatite B em pacientes tratados com antivirais de ação direta para hepatite C e avaliar se são necessárias quaisquer medidas para otimizar o tratamento.

Enquanto a revisão está em curso, os pacientes devem falar com o seu médico ou farmacêuticos se tiverem dúvidas ou preocupações.

O comunicado da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) "The European Medicines Agency (EMA) reviews direct-acting antivirals for hepatitis C Review to investigate possible hepatitis B re-activation" é encontrado em: http://www.ema.europa.eu/docs/en_GB/document_library/Referrals_document/Direct-acting_antivirals_for_hepatitis_C_20/Procedure_started/WC500203479.pdf

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com


IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.
Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.
Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação medica.
É permitida a utilização das informações contidas nesta mensagem desde que citada a fonte: WWW.HEPATO.COM
O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA - ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO