O Ministério da Saúde comprou tratamentos para hepatite C

531

Em 03 de março a AIGA – Aliança independente dos grupos de apoio pelos Direitos Humanos e Controle Social nas Hepatites junto com o Movimento Brasileiro das Hepatites Virais apelaram ao ministério da saúde sobre a necessidade de realizar um novo pregão para a compra de medicamentos para hepatite C.

Com o aparecimento da pandemia de coronavírus a realização do Pregão ficou comprometida. O governo então ativou uma cláusula contratual da compra realizada em julho pela qual era possível, se necessário, adquirir mais 25% sem necessidade de Pregão, o que foi feito na quarta-feira, dia 11 de março, evitando assim a falta dos tratamentos.

Com essa compra o abastecimento de tratamentos está garantido para aproximadamente 1 trimestre.

O problema agora será a chegada a Brasil, pois muitos voos estão cancelados. Isso poderá atrasar a entrega.

Agradecemos ao governo o esforço realizado atendendo o apelo dos infectados.

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com

IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.

Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.

Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação médica.
Acesso livre: Este artigo é distribuído sob os termos da Licença Internacional Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 4.0 ( 
http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/ ), que permite qualquer uso, distribuição e reprodução não comercial em qualquer meio, desde que você dê o crédito apropriado ao (s) autor (es) original (is) e cite à fonte WWW.HEPATO.COM  e indique se foram feitas alterações.

O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA – ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO