Importância da vacinação nos Pacientes Especiais

173

Para a correta orientação, a Sociedade Brasileira de Imunização divulga as informações necessárias à vacinação dos pacientes considerados especiais; elas foram organizadas visando à melhor compreensão das necessidades de cada grupo.

Existem enfermidades crônicas que aumentam a chance de contrair doenças infecciosas e suas complicações. Além disso, caso sejam infectadas, essas pessoas podem ter a doença de base descompensada. São exemplos:

  • Ausência ou disfunção (asplenia) do baço.
  • Doenças do coração (cardiopatias).
  • Doenças do fígado (hepatopatias) (hepatites B e C).
  • Doenças do pulmão (pneumopatias).
  • Doença renal crônica.
  • Pessoas com câncer.
  • Pessoas que vivem com HIV.
  • Diabetes.
  • Portadores de imunodeficiências primárias.
  • Pessoas com doenças reumatológicas que levam à imunodepressão ou que controlam a enfermidade com medicamentos imunodepressores.
  • Pessoas submetidas a transplantes de órgãos sólidos ou de células-tronco hematopoiéticas.

Os considerados pacientes especiais têm a possibilidade de várias vacinas que não são do calendário de vacinação normal, devendo serem encaminhados pelo médico que cuida da sua doença.

Essas vacinas, por lei, são gratuitas e estão disponíveis nos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE) que foram criados para facilitar o acesso de pessoas com condições especiais, independentemente da idade, a vacinas, soros e imunoglobulinas que não são oferecidos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou são oferecidos para faixas etárias restritas.

Encontre toda a informação e saiba como proceder na página da Sociedade Brasileira de Imunização em  https://familia.sbim.org.br/ 

Carlos Varaldo
www.hepato.com
hepato@hepato.com

IMPORTANTE: Os artigos se encontram em ordem cronológica. O avanço do conhecimento nas pesquisas pode tornar obsoleta qualquer colocação em poucos meses. Encontrando colocações diversas que possam ser consideradas controversas sempre considerar a informação mais atual, com data de publicação mais recente.

Carlos Varaldo e o Grupo Otimismo declaram não possuir conflitos de interesse com eventuais patrocinadores das diversas atividades.

Aviso legal: As informações deste texto são meramente informativas e não podem ser consideradas nem utilizadas como indicação médica.
Acesso livre: Este artigo é distribuído sob os termos da Licença Internacional Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 4.0 ( 
http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/ ), que permite qualquer uso, distribuição e reprodução não comercial em qualquer meio, desde que você dê o crédito apropriado ao (s) autor (es) original (is) e cite à fonte WWW.HEPATO.COM  e indique se foram feitas alterações.

O Grupo Otimismo é afiliado da AIGA – ALIANÇA INDEPENDENTE DOS GRUPOS DE APOIO